quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Eu

Eu diferente
Desigual nesse louco presente
Eu que já gostei de alguém
Um ninguém que não gostava de mim
Eu que nunca fui beijada
Eu nessa vida danada
Que vive a me derrubar
Eu metade menina
Metade mulher
Mocinha sonhadora
Que por mais que caia

Sempre estará de pé.