quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Luar

Hoje à noite não tem luar
Infelizmente, também fui abandonada por ele

O luar me iludiu com o seu brilho
Entrou pelo telhado do meu quarto
Embalou meu sono
Iluminou a escuridão
Permaneceu ao meu lado
Quando todos haviam me abandonado
Mas, ele também se foi

O luar tem suas fases
As pessoas também têm suas fases

Elas aparecem, nos iluminam, tira-nos da solidão
Aos poucos vão mudando
Desaparecem da nossa vida
De uma hora para outra
Sem nos dar explicação
Porém, o luar, ele vai e volta
Sempre!

As pessoas nem sempre retornam.