sábado, 7 de dezembro de 2013

Rock

Muitas pessoas que eu conheço, odeiam Rock, e eu não entendo o motivo.
Quando pergunto o porquê de odiarem, elas dizem que "Rock é coisa do demônio!"
Sempre acho engraçado esse motivo, mais me aborrece o fato de que a maioria das pessoas que afirmam e reafirmam isso, nem sequer se deram ao trabalho de  pesquisar a origem do Rock, os tipos de Rock, nem muito menos as traduções de algumas músicas.
Sim, realmente, há algumas canções com apologias ao "cara lá de baixo", mas, poupe-me! Não são todas! Diria que são uma minoria.
No Rock, as pessoas expressam verdadeiramente o que pensam, os seus sentimentos. Há canções que são verdadeiras declarações de amor, outras, são protestos, algumas, são coisas bobas que nos deixam felizes. 
Assim como qualquer outro ritmo, há aquelas canções com xingamentos ou outras coisas. Mas as pessoas não generalizar. Há canções que são verdadeiras poesias, que tocam a alma, a maioria delas. 
Não é por que há uma banda ou outra assim, que todos são assim! Nem todos os rockeiros são drogados e rebeldes, essa história de sexo, drogas e rock n' roll, é bobagem! Trabalham, estudam, pagam suas contas, vivem dentro da lei, cuidam da sua vida! Assim como pessoas que curtem outros gêneros musicais
Só quero que elas não julguem alguém pelo seu gosto musical, nem por qualquer outra coisa. Afinal, a música que ouve, o jeito de se vestir, ou qualquer outra coisa, não definem, nem nunca definirão, o caráter e nível de bondade de alguém.
E cada um sabe aquilo que sente.