terça-feira, 8 de julho de 2014

Julgar

As pessoas adoram julgar as outras, julgam por não conhecê-las, julgam por conhecê-las, pelo o que fizeram ou pelo que deixaram de fazer, julgam, julgam, julgam, só sabem julgar. Julgar e condenar na verdade. Bom, não posso negar que as vezes os julgamentos possuem fundamentos, fatos, e nem posso me dar ao luxo de dizer que não julgo as pessoas, afinal sou humana, e diria que julgar e natural da humanidade, tão natural quando o ato sexual, e assim como ele, tornou-se uma ação banalizada, escandalizada e exagerada. Como as amizades de hoje em dia, algo banal. Não me julguem mal por fazer esse julgamento, mas, acho que julgar é realmente natural.