terça-feira, 29 de julho de 2014

Querido blog

Há tempos não escrevo aqui, mesmo estando de férias, tendo tempo, é que não consigo mais escrever como antes, nem desenhar como antes. A vida tem me pregado peças. Minhas aulas voltam na próxima segunda, mas, eu nem tenho onde ficar. Estou fraca, sem esperança, sem coragem, e quero desistir, tudo que eu quero é ficar deitada em meu quarto, isolada do mundo.
Não posso me matar, por que prometi que não faria, e por que me falta coragem para partir.
Ninguém mais quer saber desses meus desabafos aos quais chamam de drama, e os que ainda os leem, não conseguem entender-me, não conseguem me dar conselhos. Estou cansada de ser tão diferente, de ter vergonha de minhas diferenças, de ter essa dificuldade em socializar com as outras pessoas, aliás, são essas pessoas que me impõem essa dificuldade.
Eu já não sei o que fazer, eu não quero voltar para a outra cidade, não quero voltar para faculdade, não quero continuar vivendo com essa máscara de felicidade que uso. Estou cansada e com medo. E ninguém quer me ajudar, ninguém consegue, o futuro, o destino, o tempo e a vida estão contra mim.