sábado, 20 de setembro de 2014

Na escuridão

Sem luz
A energia elétrica se foi, só restou a escuridão. A lua ainda não aparecera, resta somente eu, o belo céu estrelado, o celular e uma vela. Tudo em volta é escuridão. Gosto quanto acaba a luz, céu estrelado, silêncio, apenas o barulho do vento, sempre penso em vc quando não há luz. Em vc e em alguém, me sinto bem sozinha, mas ás vezes é ruim, o céu fica tão romântico, e eu não tenho ninguém.
Quero alguém para me abraçar e observar o céu sem me soltar, declarações de amor e beijos apaixonados, e todo esse clichê, dois amantes completamente loucos, duas almas que formam uma só.
Enquanto não posso realizar esse sonho, devaneio solitária perdida olhando as estrelas.