segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Não dá

Já saquei qual é a tua cara. Você só voltou a falar comigo por que sou tipo uma reserva, uma menina boba que sempre está só e carente e que sempre acaba caindo na sua de novo. Sim, eu gosto de vc, mais do que deveria, mas, isso não lhe dá o direito de brincar com meus sentimentos dessa forma, até por que eu nunca brinquei com os seus, sou muito burra, vc me disse que iria se casar e q sua noiva não queria q falasse comigo, aí vc me bloqueia e some, depois sei lá por que raios está aí na fossa, sofrendo ou sei lá o que, e vem falar comigo, me fazendo de prêmio de consolação. Mas, eu não sou, não sou e nem muito menos sirvo de reserva, nem quero ficar com o lixo dela, muito menos dela. Se vc quiser fazer o favor de parar de me fazer de reserva ou de prêmio de consolação eu agradeceria. Não sou pneu de step. Eu ainda sonho com príncipe encantado e toda essas coisas, não sou umazinha qualquer não. Se toca mané. Se bem que depois de tanto sofrimento, já não sei nem mesmo quem sou. Só sei que eu quero encontrar um amor, e me casar e ter filhos, e toda aquela coisa romântica dos filmes, apesar dessa aparência de mente aberta, eu penso como alguém de séculos atrás. Só tenho medo de magoar pessoas, e costumo agir conforme o que sinto. Por isso as vezes posso parecer fácil para vc ou sei lá, me esquece. Some da minha vida.
Não quero ser sua amiga, por que não dá para ser amiga de alguém que gostamos mais do que o necessário, e essas amizades de hoje, essa coisa que mal dá para distinguir, esse negócio de amizade colorida, de ficar, sem compromisso e blá, blá, blá, não é para mim. É por isso que talvez eu fique sozinha para sempre, e com pouquissimos amigos homens, por que não dá, sempre vou confundir as coisas e gostar mais do que deveria. Por favor, para com isso. Ou seja meu amigo mas, sem essa melação, ou seja meu amor, ou some da minha vida, me esquece, como eu disse antes.