terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Amor

O amor é vida
A vida sem amor não tem graça
A vida sem amor correspondido também não
Mas, por que o amor é tão gentil com uns, e tão cruel com outros?
Por que o amor me matou?
Cruel e assassino amor
Escrevo-te esses versos
Enquanto o veneno corre por minhas veias
Esse veneno envenenou-me o corpo
Tu, envenenaste-me a alma.