segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Se eu disser que ainda te amo

Eu te amei
Te amei de verdade
Mas, esqueci você
Eu esqueci você
E não te amo mais
Se eu disser que ainda te amo
Estarei mentindo descaradamente
Mas se eu disser que você não mexe comigo
Estarei mentindo também
Eu penso em você
Desistir de ti é difícil
Mas, é necessário
Eu precisava parar de correr atrás de vc
Para correr atrás da minha vida
Eu precisei desistir de você
Para não desistir de mim
Você me faz mal, me enfraquece
Kriptonita pura
Então, me afastar de vc
Ficar longe
Me fortalece
Me mantém viva
Eu sou uma viciada em vc
Mas, estou me tratando
E me tornando ex-viciada
Minha alma está se libertando da tua toxina
Meu corpo precisa cada vez menos de ti
Não me leve a mal baby
Mas, eu cheguei ao fundo do poço por sua causa
E vc estava me soterrando lá dentro
E eu precisava sair de lá
Eu precisava sair do fundo do poço
E para isso, vc precisava sair da minha vida
Lamento por você
Perdeu a mim
Essa jóia de menina
Uma maluca perfeita
Uma complicada perfeição
Eu precisava de você
Mas, mais do que precisar de você
Eu precisava viver.

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Detalhes

A minha versão da música do Roberto Carlos

Não adianta nem tentar me esquecer
Durante muito tempo em sua vida
Eu vou viver

Detalhes tão pequenos de nós dois
São coisas muito grandes pra esquecer
E a toda hora vão estar presentes
Você vai ver

Se outra suicida aparecer, na sua rua
E isto lhe trouxer saudades minhas
A culpa é sua

O som desafinado da sua flauta
O medo, a paranoia, algo assim
Imediatamente você vai lembrar de mim

Eu sei que uma outra deve estar falando ao seu ouvido
Palavras de amor como eu falei, mas eu duvido!
Duvido que ela tenha tanto amor
E até a minha voz ruim
E nessa hora você vai lembrar de mim

A noite envolvido no silêncio
Do seu quarto
Abre o WhatsApp e procura
O meu retrato
Mas no foto do perfil não sou eu quem lhe sorri
Mas você vê o meu sorriso mesmo assim
E tudo isso vai fazer você lembrar de mim

Se alguém tocar seu corpo como eu
Não diga nada
Não vá dizer meu nome sem querer
À pessoa errada

Pensando ter amor nesse momento
Desesperado você tenta até o fim
E até nesse momento você vai
Lembrar de mim

Eu sei que esses detalhes vão sumir
Na longa estrada
As mensagens antigas que te enviei
Foram apagadas

Mas isso também é mais um detalhe
Vai perceber que é amor e isso não vai morrer assim
Por isso, de vez em quando você vai
Vai lembrar de mim

Não adianta nem tentar me esquecer
Durante muito tempo em sua vida
Eu vou viver
Não, não adianta nem tentar
Me esquecer

Amor

O amor é vida
A vida sem amor não tem graça
A vida sem amor correspondido também não
Mas, por que o amor é tão gentil com uns, e tão cruel com outros?
Por que o amor me matou?
Cruel e assassino amor
Escrevo-te esses versos
Enquanto o veneno corre por minhas veias
Esse veneno envenenou-me o corpo
Tu, envenenaste-me a alma.