domingo, 26 de março de 2017

A medida da paixão (Lenine)

"É como se a gente
Não soubesse
Prá que lado foi a vida
Por que tanta solidão?
E não é a dor
Que me entristece
É não ter uma saída
Nem medida na paixão...

Foi!
O amor se foi perdido
Foi tão distraído
Que nem me avisou
Foi!
O amor se foi calado
Tão desesperado
Que me machucou...

É como se a gente
Pressentisse
Tudo que o amor não disse
Diz agora essa aflição
E ficou o cheiro pelo ar
Ficou o medo de ficar
Vazio demais meu coração...

Foi!
O amor se foi perdido
Foi tão distraído
Que nem me avisou
Nem me avisou!
Foi!
O amor se foi calado
Tão desesperado
Que me maltratou..."

Onde estou?

Onde estou?

Perdida
Palavra pra me definir
Sei que estou no lugar certo
Mas, onde me encaixo aqui?

Perdida
E não sei o que fazer
Eu não sei como agir
Não sei nem o que dizer

Perdida
E não sei como agir
Não quero ser quem não sou
Mas, quero poder interagir

Perdida
É sempre assim comigo
Sou tola e desinteressante
Difícil fazer amigos

Perdida
Não sei como agradar
Agradar e ser verdadeira
E conseguir me encaixar

Perdida
Vitimismo, drama
Não dá pra expressar o que sente
Fico jogada na lama

Forçando a barra

26 de março de 2017

Querido diário... Não, péra...

Querido blog,

Nesse fim de semana eu fiquei na bad mais uma vez, só para variar, e eu cheguei a conclusão de que estou forçando muito a barra para ter amigos e para as pessoas gostarem de mim.
Eu me sinto perdida, invisível, mal interpretada e incompreendida. Talvez eu não esteja passando uma boa impressão, talvez para as pessoas eu seja só uma falsa querendo aparecer, mas, eu não sou assim, eu não sou uma cobra. Essa minha mania de querer agradar a todos está me destruindo. Eu sei que nem Jesus agradou a todos, como diz o ditado, eu não sei por que insisto em querer agradar.
Sabe, as pessoas aqui são diferentes, ser a nerd que dá cola para turma e faz todos os trabalhos não funciona na faculdade, eu não sou uma das mais inteligentes da sala, eu sou só mais uma, e isso não me ajuda a fazer amizades. As pessoas não estão interessadas em minha inteligência (eu nem possuo mais), em meu gosto musical, elas não estão interessadas em mim, e forçar a barra só me faz parecer chata e falsa.
Eu podia ser a descolada da turma, mas, isso não combina comigo, nem com a minha situação financeira, então decidi que serei só eu, não vou tentar ser venenosa, nem engraçada, nem nada. Vou ser só a pessoinha sem sal e continuar tentando ajudar como eu sempre fiz. Não posso perder minha essência tentando agradar a outras pessoas, por que depois eu me perco e ainda por cima não agrado a ninguém. Então segura na mão de Deus e vai...

quarta-feira, 22 de março de 2017

Não dei o amor passar (Carlos Drummond de Andrade)

"Quando encontrar alguém e esse alguém fizer
seu coração parar de funcionar por alguns segundos,
preste atenção: pode ser a pessoa
mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e neste momento,
houver o mesmo brilho intenso entre eles,
fique alerta: pode ser a pessoa que você está
esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo
for apaixonante, e os olhos se encherem
d’água neste momento, perceba
existe algo mágico entre vocês.

Se o primeiro e o último pensamento do seu dia
for essa pessoa, se a vontade de ficar
juntos chegar a apertar o coração, agradeça:
Algo do céu te mandou
um presente divino: o Amor

Se um dia tiverem que pedir perdão um
ao outro por algum motivo e, em troca,
receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos
e os gestos valerem mais que mil palavras,
entregue-se: vocês foram feitos um pro outro.

Se por algum motivo você estiver triste,
se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa
sofrer o seu sofrimento, chorar as suas
lágrimas e enxugá-las com ternura, 
que coisa maravilhosa: você poderá contar
com ela em qualquer momento de sua vida.

Se você conseguir, em pensamento, sentir
o cheiro da pessoa como
se ela estivesse ali do seu lado…
Se você achar a pessoa maravilhosamente linda,
mesmo ela estando de pijamas velhos,
chinelos de dedo e cabelos emaranhados…
Se você não consegue trabalhar o dia todo,
ansioso pelo encontro que está marcado para a noite…
Se você não consegue imaginar, de maneira
nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado…
Se você tiver a certeza que vai ver a outra
envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção
que vai continuar sendo louco por ela…
Se você preferir fechar os olhos, antes de ver
a outra partindo: é o amor que chegou na sua vida.

Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes
na vida, poucas amam ou encontram um amor verdadeiro.Às vezes encontram e, por não prestarem atenção
nesses sinais, deixam o amor passar,
sem deixá-lo acontecer verdadeiramente.
É o livre arbítrio
Por isso, preste atenção nos sinais.
Não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem
cego para a melhor coisa da vida: o Amor!