terça-feira, 13 de junho de 2017

Sobre o amor, de novo!

O amor é lindo!
Sim, não é por que não tenho ninguém que direi o contrário. Eu sempre fui defensora convicta do amor, mas, eu não conheço o amor (entenda por amor o quiser entender). Eu conheço a dor, a solidão, o medo e até as borboletas no estômago, mas, não conheço o amor, não conheço mas, ainda assim dele sou fã.
O amor, ah, o amor! É complexo, irônico, traiçoeiro, sorrateiro e lindo. Por que se dói, se machuca, se faz sofrer, se você pode viver sem, não é amor nenhum.